São João é época de comer milho… O milho é um cereal rico em carboidratos e fibras, é uma ótima fonte de energia e ajuda a eliminar as toxinas do corpo, melhorando o funcionamento do organismo. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o cereal não precisa ser cortado das dietas para emagrecer, ele pode ser consumido em doses adequadas.

O milho possui diversos benefícios para o organismo, conheça alguns deles:

» Previne a ação dos radicais livres;
» Auxilia no bom funcionamento intestinal;
» Reduz os níveis de colesterol;
» Reduz os níveis de glicose no sangue;
» Previne problemas cardiovasculares;
» Fonte de betacaroteno, fibras e vitaminas;
» Auxilia a metabolizar gordura mais rapidamente;
» Auxilia no tratamento de prisão de ventre, pois melhora o trânsito intestinal e acelera a digestão;
» A vitamina A presente no milho proporciona mais brilho e vitalidade para a pele, as unhas e os cabelos;
» O “cabelo de milho” presente nas espigas tem ação diurética, auxilia a eliminação do excesso de ácido úrico.

Apesar de todos os seus benefícios, seu consumo precisa ser realizado com precaução, pois é um alimento altamente calórico, logo, pode atrapalhar quem está precisando perder alguns quilos. Apenas 100g de milho são equivalentes a 370kcal.

O milho em conserva, aquele que vem na latinha, precisa ser consumido com muita atenção, pois rico em sódio, necessário para mantê-lo saudável mesmo que em conserva.

OUTROS BENEFÍCIOS
O milho é rico em proteínas e em carboidratos, e é um dos poucos alimentos que não sofre alteração em suas propriedades, mesmo se enlatado em conserva, ou congelado.

No mundo existem centenas de variedades de milho, todas elas ricas em vitamina C. Para escolher uma espiga de milho que seja realmente nutritiva, verifique se as cascas são verdes, e depois de abertas, se os grãos estão apertados entre si, e se estão graúdos.

Se não for cozinhar o milho logo após a compra, guarde-o na geladeira. A baixa temperatura vai preservar o açúcar natural e a vitamina C. Caso comprá-lo ainda na casca, conserve-o nela. Vai ajudar a manter a umidade natural. Mas se quer realmente saborear uma espiga de milho com todas as propriedades intactas, deve-se cozinhá-la o mais rápido possível.

O milho vai ajudá-lo a prevenir doenças cardíacas, a promover a redução da hipertensão e o controle do diabetes. Além de fornecer as calorias necessárias para o metabolismo diário, é rico em vitaminas A, E e B. Suas fibras são benéficas para a prevenção de doenças digestivas, como hemorroidas e prisão de ventre, bem como o câncer colorretal.

Os antioxidantes do milho também atuam como agentes anticâncer e é recomendado para o tratamento de Alzheimer. O milho é fonte de ácido fólico, vitaminas B1e B5, e em magnésio e fósforo, além de ácidos graxos essenciais.

Outra indicação que reforça a necessidade do consumo de milho, é fato de ser útil no tratamento de problemas renais, incluindo aqui a disfunção renal. E para tratar especificamente desta condição com milho, coma diariamente uma espiga de milho verde cozida, que esteja com os grãos ainda bem moles, por duas semanas, no mínimo.

Consulte sempre seu nutricionista.

Anúncios