Elas prometem ser uma ótima opção para o lanche porque são práticas de armazenar e contêm fibras – nutrientes que aumentam a sensação de saciedade, dão energia e ajudam no funcionamento do intestino e na absorção de gorduras. Pelo menos na teoria.

Especialistas alertam que muitas das barrinhas de cereais que existem no mercado são, na verdade, ricas em açúcar e sódio. Para saber se a que você compra é assim, compare os ingredientes que estão no rótulo. A ordem dos ingredientes no rótulo indica quais deles estão presentes em maior quantidade na composição, então antes de comprar confira se a a barrinha é rica em fibras, e se tem frutas, castanhas ou aveia como ingredientes principais. Como nossos filhos adoram barrinhas na hora do lanche, também fique de olho porque a lecitina de soja, substância usada para dar liga no alimento, pode causar alergia nas crianças.

Você pode fazer uma barrinha mais natural em casa, segue aqui uma ótima sugestão…

INGREDIENTES
Ingredientes:
» 2 xícaras (chá) de aveia em flocos
» ¼ xícara (chá) de gergelim
» ½ xícara (chá) de ameixas secas
» ½ xícara (chá) de semente de chia
» 1 colher (chá) de mel (de preferência orgânico)
» ¼ xícara (chá) de amêndoa
» ¼ xícara (chá) de castanha de caju
» ¼ xícara (chá) de castanha-do-pará
» 2 bananas d’água amassadas
» 1 colher (café) de canela em pó
» 1 colher (sopa) de óleo de coco

Você precisará de um pouco mais de óleo de coco para untar a forma.

MODO DE PREPARO
Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes numa tigela até formar uma massa homogênea. Depois, despeje a massa na forma untada com óleo de coco, alisando com uma espátula molhada para não grudar. Pré-aquecer o forno por cinco minutos a 180ºC e assar a massa por 30 minutos. Ainda quente, marcar o tamanho das barrinhas e esperar esfriar para cortar.

Como você pode ver, preparar as barras é bem simples. Baseando-se no modo de preparo descrito anteriormente você pode elaborar barras de distintos sabores. Sugerimos que experimente adicionando alguns sabores, tais como: nozes, amêndoas, sementes de linhaça, sementes de amaranto, sementes de girassol, pedacinhos de frutas etc.

Naturalmente, não é necessário utilizar todos os ingredientes de uma vez, você pode experimentar diferentes combinações, incorporando alguns deles em uma ocasião e outros diferentes em outra. Não deixe de preparar as suas próprias barras de cereais, pois são uma excelente opção, prática e saudável, para o café da manhã e lanches. São efetivas tanto para adultos como para crianças e são uma alternativa saudável de alimento a ser consumido entre uma refeição e outra. Além disso estas barras não somente possuem estas qualidades como também estimulam o trânsito intestinal.

Por ter alimentos integrais, esta barrinha irá ajudar no trânsito intestinal. Enquanto, as oleaginosas oferecem gorduras boas e as frutas secas são fontes de vitaminas, sais minerais e fibras.

Comprando no supermercado

Escolha aquelas que não possuem adição de açúcar ou gorduras e que sejam compostas por itens realmente integrais como a aveia, amaranto, chia, além de oleaginosas, como a castanha-do-pará e as nozes, e frutas secas, como o damasco e as passas.

As versões orgânicas também são ótimas para a saúde, elas geralmente não possuem aditivos químicos, como os conservantes e corantes artificiais, que estão associados ao mal funcionamento do organismo e também podem favorecer o câncer e problemas neurológicos.

A melhor maneira de saber se sua barrinha é nutritiva ou não é checando o rótulo do alimento, tanto pela tabela de composição nutricional quanto a lista e ingredientes. A orientação é que este alimento seja consumido na hora do lanche ou antes de uma atividade física, porque a barrinha é uma fonte de carboidrato importante para fornecer energia ao corpo.

Mesmo assim, ainda sugiro que você faça a sua em casa!

Bjo! Li.