Fiz essa receitinha para nosso jantar especial de sábado, não é um prato para comer todo dia, mas é uma excelente opção para um jantar leve ao lado da pessoa amada no fim de semana! Ideal para aqueles dias em que você não quer ficar muito na cozinha, mas está a fim de preparar algo diferente.

Antes de repassar a receita, acho que vale à pena entender as semelhanças entre charque, carne-seca, carne de sol, jabá etc. Em todos os casos trata-se de uma mesma técnica culinária que nasceu da necessidade de conservar carnes: a cura por salga e secagem. Em todos os casos, a carne é salgada e sofre desidratação, a variação entre cada uma delas fica basicamente por conta do tipo de corte utilizado, tempo de cura, quantidade de sal usada e o local onde acontece o processo. A carne-seca tem um teor de umidade de aproximadamente 45% e até 15% de sal; a umidade da carne de sol atinge 70%, com 6% de sal.

A carne de sol é ligeiramente salgada e depois colocada para secar em local coberto e ventilado. O processo de secagem é rápido e o interior da carne fica úmido e macio. Também muito utilizada desfiada, refogada, em escondidinhos etc. Já a charque tem o seu processo bem parecido com o da carne-seca, porém o seu diferencial e a textura que fica mais seca e a quantidade de sal utilizada, pois ela é mais salgada. Já a carne-seca leva mais sal e é empilhada em locais secos para sua desidratação. Após a secagem da carne ela é estendida em varal ao sol para completar sua desidratação.

Salgar a carne para conservar é um dos métodos mais antigos que conhecemos, como antigamente não existia a refrigeração, as pessoas descobriram que o sal era um excelente conservante, passando a salgar a suas carnes para que elas pudessem durar por mais tempo.

Todas essas três carnes citadas são diferentes nos aspectos organolépticos, que envolve a textura, a cor e a umidade. Cada uma terá diferentes características, por causa dos métodos de preparos, e também histórias e importâncias culturais marcantes.

Também usei em um dos recheios o peito de peru light. Assim como qualquer produto ultra processado, o peito de peru tem muito sódio – substância que, em excesso, faz o organismo reter líquido e resistir à perda de peso. Mas como já falei, esta receita é para uma ocasião especial de fim de semana, para evitar o inchaço, modere na comilança.

PREPARANDO A CARNE-SECA

Existe no supermercado um produto pronto, com sabor até razoável, porém com uma grande quantidade de sódio, por isso recomendo você preparar a sua em casa. A melhor explicação que vi sobre este preparo foi apresentada por Rita Lobo em seu programa no GNT.

Segue aqui o vídeo da explicação de como preparar a sua carne-seca desfiada de uma forma fácil:

 

PARA O WRAP

INGREDIENTES
Ingredientes:

» 200g de carne-seca, já desfiada;
» ½ cebola;
» 1 colher (sopa) de manteiga de garrafa;
» 2 rodelas de abacaxi;
» Cebolinha, pimenta do reino e coentro ao gosto.

 

MODO DE PREPARO
Modo de fazer:

Refogue a cebola em uma frigideira com a manteiga de garrafa, depois adicione o abacaxi até ele dourar ficando mais molinho. Adicione a carne-seca até ela assar e depois acrescente a cebolinha, coentro e a pimenta do reino.

 

Para cada wrap você vai precisar:

INGREDIENTES
Ingredientes:

» 1 folha de pão integral tipo tortilha;

Você pode preparar diferentes tipos de recheio, hoje usei duas variações, uma com carne-seca e outra substituindo a carne por queijo minas e rúcula. A surpresa do wrap está na mistura da carne-seca com a geleia de abacaxi picante. Um sabor incrível!

Recheio:
» 1 folha grande de alface rasgada grosseiramente;
» 2 rodelas de tomate;
» 3 colheres (sopa) de carne-seca;
» 1 colher (sopa) de cream cheese;
» 3 fatias de peito de peru light.

» 2 colheres (sopa) de geleia de abacaxi picante servidas à parte.

Modo de fazer:
Adicione o cream cheese à tortilha, depois adicione todos os ingredientes e enrole como se fosse um rocambole, depois corte ao meio. Não adicionei a geleia ao recheio do wrap porque desta forma cada pessoa pode dosar a quantidade que achar melhor.

Outras sugestões de recheio

Ingredientes:
» 1 folha grande de alface;
» 2 rodelas de tomate;
» 3 folhas de rúcula;
» 1 colher (sopa) de cream cheese;
» 3 fatias de peito de peru light.

Ingredientes:
» 2 colheres (sopa) de iogurte desnatado;
» 1 colher (chá) de mostarda dijon;
» ½ cenoura ralada;
» 1 folha grande de alface;
» 2 rodelas de tomate;
» 3 folhas de rúcula.

Bjo, Li.

Anúncios